Home

Lembro de quando era criança e minha mãe assinava gibis para mim e minha irmã, que brigávamos aos tapas para saber quem iria ler primeiro. Felizmente, tive uma infância cercada de histórias em quadrinhos, desde o clássico Maurício de Souza até as tirinhas que podemos encontrar em jornais diários, como Adão Iturrusgarai.

Sempre tive um pouco de dificuldades para compreender a política em geral e confesso que, após terminar de ler este livro de Sacco, ainda não entendi realmente o que é a Palestina, bem como o que aconteceu com ela. Sendo assim, irei relatar o livro com base no prefácio e algumas pesquisas na internet.

Palestina, de Joe Sacco, é diferente de tudo o que já vi na minha vida. Trata-se de um livro com caráter jornalístico retratado no formato “comic”, quadrinhos. A obra é um registro da estadia do autor entre os palestinos, onde realizou entrevistas formais e trabalho de campo.

Para você que, assim como eu, não sabe o que é a Palestina, deixe-me explicar: é uma zona que corresponde e encontra-se dividida entre uma área do Estado de Israel, uma da atual Jordânia e duas áreas de maioria árabe ocupadas por Israel após a Guerra dos Seis Dias em 1967: a Faixa de Gaza e a Cisjordânia. Partes dispersas desta área árabe passaram a ser administradas por uma entidade autônoma há alguns anos, mas Israel está construindo atualmente um muro de separação.

Sacco entrevistou mais de cem pessoas, entre palestinos e judeus. Os relatos são contados por prisioneiros, refugiados, protestantes, crianças feridas, fazendeiros que perderam suas terras e pelas famílias destruídas pela guerra. Baseado em meses de pesquisa, a obra é uma longa viagem ao Banco Ocidental e à Faixa de Gaza, mostrando ao leitor a linha de frente dos conflitos na região.

Além de ouvir as tristezas da população, o autor presenciou tiroteios e bombas de gás, viu soldados espancando civis e bloqueando as estradas, inclusive, visitou hospitais cheios de feridos. Sacco prova que os quadrinhos são mais eficazes do que o tradicional texto jornalístico: é preciso ver para crer.

Fonte: Conrad Editora

Fonte: Conrad Editora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s