Home

Continuando a minha lista de clássicos da literatura universal, o livro da vez foi O Retrato De Dorian Gray, do irlandês Oscar Wilde. Quando escolhi a obra, não tinha a mínima ideia do que esperar, mas, já nas primeiras páginas, consegui entender a importância e a essência da narrativa.

Logo no primeiro contato, dá pra sentir que O Retrato De Dorian Gray é um livro bastante excêntrico, devido ao contexto e personalidade “narcisista” do personagem principal. Grande parte da história é descrita e há poucos diálogos, o que causa uma sensação de desconforto em alguns momentos.

Para nossa alegria (pelo menos para a minha!), a obra de Wilde é discorrida em torno de apenas três personagens, com exceção de um ou outro que surge entre os capítulos. O cenário social condiz à alta sociedade e demonstra como a falta de amor próprio e ingenuidade podem ser prejudiciais para a nossa saúde.

Não vi o filme, mas esta é a primeira vez que chego a cogitar a ideia de uma obra cinematográfica ser melhor do que a literária. Apesar da ótima experiência de leitura, senti falta de mais emoções. O Retrato De Dorian Gray tem ápices e pontos baixos, ou seja, seu fôlego será testado a cada capítulo. Não é o tipo de obra que tem surpresas para dar e vender, mas é digna de ser considerada um clássico da literatura.

É sempre bom fugir do comum.

“Não existe livro moral ou imoral. Os livros são bem ou mal escritos. Eis tudo.”

Fonte: Skoob

Fonte: Skoob

Anúncios

Um pensamento em “O Retrato de Dorian Gray (Wilde, Oscar)

  1. Pingback: As Aventuras de Tom Sawyer (Twain, Mark) | Pitacos Culturais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s