Home

Passei grande parte da minha vida achando que a banda Engenheiros do Hawaii fosse uma espécie de “one hit maker”, afinal, o grupo existe desde 1986 e eu só conheço a tal de “O Papa é Pop”. Sim, eu nunca tive aquela curiosidade de conhecer o som do Humberto Gessinger e sua trupe. Mas, em compensação, fui dominada pelas crônicas de Seis Segundos De Atenção, o seu mais novo livro.

Acho que já devo ter comentado por aqui o meu péssimo hábito de julgar um livro pela capa. Sim, sou dessas e com a obra de Gessinger não seria diferente. O problema de Seis Segundos De Atenção é que: o título é bom, a capa é boa, mas os textos em si não são tão bons. Quer dizer, são muito bons e jamais discordaria que o Humberto escreve bem pra caramba, mas os contextos não me atraíram.

Quem se sujeita a ler um livro de crônicas* sabe que nem sempre o autor consegue nos colocar na mesma situação narrada. Os Seis Segundos De Atenção que Gessinger me pediu na capa se transformaram em seis minutos e até seis horas, mas nada além disso.

Entre os pontos positivos da obra estão a leitura rápida, as pausas bem colocadas e a linguagem informal. Não é o tipo de livro que recomendaria a um amigo, exceto se esse amigo for apaixonado por esporte e música (dois assuntos bastante trabalhados por Humberto em Seis Segundos De Atenção).

“Querer agarrar o mundo com as mãos é a melhor receita para ficar de mãos vazias.”

“Uma vírgula mal colocada pode ser o fim de algo que nem começou.”

*texto literário breve, frequentemente narrativo, de trama quase sempre pouco definida e motivos geralmente extraídos do cotidiano imediato

Fonte: Livraria Saraiva

Fonte: Livraria Saraiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s