Home

Sou formada em Jornalismo desde 2014 e, no ano da minha formação, conheci uma das pessoas mais inteligentes e incríveis da minha vida: meu namorado Lucas, que também é colaborador do Pitacos Culturais. Assim como eu, é apaixonado por livros e literatura, sendo meu parceiro para todos os momentos. Como ele é formado em História, suas escolhas literárias são diferentes das minhas, fazendo com que eu aprendesse um pouco mais sobre o seu universo: sociologia, história e filosofia.

Entre os grandes pensadores ao qual fui apresentada, está o filósofo e professor Leandro Karnal, um dos queridinhos da mídia em geral, principalmente nas redes sociais. Caso você ainda não tenha lido um artigo de Karnal no Estadão, pode ter assistido um vídeo da Casa do Saber ou um dos seus programas na BandNews, o Careca de Saber, e na TV Cultura, o Café Filosófico. Como diz o Lucas, ele é o mais novo Backstreet Boys da filosofia contemporânea e sempre tem um ponto de vista muito interessante acerca do que vem ocorrendo no Brasil e no mundo.

Recentemente, decidi me aventurar com Pecar e Perdoar, um dos seus mais famosos livros sobre religião. Apesar de ser ateu, Karnal nos faz entender a Bíblia e as nossas atitudes de forma simples e direta, com uma pitada de humor. Aqui, vemos como Deus está relacionado na história do homem quando cometemos o pecado e o perdão, ou seja, quando erramos e nos desculpamos. Não é de hoje que os sete pecados capitais são usados como justificativas dos nossos atos, sem nem ao mesmo sabermos o que cada um significa e o quanto afetam as atitudes que tomamos diariamente.

Longe de ser uma crítica aos judeus, islâmicos e cristãos, Pecar e Perdoar é uma obra que mostra as origens das principais religiões, mostrando como cada uma reage ao desvio da norma e como ambas restabelecem sua confiança com aquele que pecou. Afinal, “errar é humano”, mas que “atire a primeira pedra” quem nunca pisou na bola ou cometeu um pecado. Acho que uma das grandes discussões na obra está na nossa capacidade de reconhecer o pecado e desejar o perdão, com a promessa de que não pecará novamente e com o reconhecimento de que perdoar é um desafio.

Além disso, a visão que temos da maioria dos personagens bíblicos é errônea e ninguém melhor do que o próprio Karnal para expandir e aprofundar nossas reflexões de modo que consigamos avaliar o comportamento humano e moderno com neutralidade e bondade. Acima de tudo, Pecar e Perdoar é um incentivo para que cada um faça uma análise diária do que falamos, pensamos e agimos, sem sofrer influência de dogmas ou de pessoas que acreditam em uma verdade universal que nunca existirá.

Pecar e Perdoar

Fonte: Skoob

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s