Home

Dumplin' - Julie MurphyAo contrário do que muitos pensam, não tive uma adolescência tranquila. Sou japonesa e estudei em escolas públicas (o que surpreende as pessoas – não sei o porquê), o que me fez ser motivo de chacota por muitos anos. Além disso, eu tinha a personalidade de uma pessoa impaciente e briguenta, era gordinha, tinha pouquíssimos amigos e uma autoestima mais baixa do que as minhas pernas curtas.

Foi difícil, mas sobrevivi. Tudo isso graças a novas amizades que fiz durante os cursos e faculdades da vida. Você também se identifica com isso? Acredito que a maioria das pessoas teve um período conturbado e difícil, o que nos fez aprender muitas coisas na base da porrada. Quando recebi Dumplin’, da escritora Julie Murphy, em parceria com a Editora Valentina, pensei que tivesse feito uma má escolha. Só que me enganei: é um dos melhores livros que já li.

Bom, quem nunca julgou um livro pela capa, que atire a primeira pedra. Dificilmente sou convencida pela sinopse; o que me ganha mesmo é uma boa capa. E essa daqui tem uma atração especial, até porque você não sabe o que significa Dumplin’ enquanto não mergulhar na história da adolescente Willowdean Dickson, uma gordinha assumida que tem tudo a ver com muito do que nós vivemos.

A narrativa é contada pela própria Will, ou Dumplin’, como é chamada carinhosamente por sua mãe, uma ex-miss que superou os quilinhos extras com o incentivo de um concurso. As situações são tão engraçadas que você fica se perguntando como pode ser tão boba por rir de coisas que todo mundo já passou: a neura do primeiro beijo, o medo da primeira transa, a tristeza de não ser “comum”, as borboletas no estômago ao conhecer o amor e a coragem de enfrentar aquilo que tanto te incomoda…

Olhando assim, parece até mais uma daquelas histórias de superação que tentam nos enfiar goela abaixo, mas Dumplin’ é muito mais do que isso. É um livro sobre amizade e a importância dela para enfrentarmos as dificuldades que a vida impõe. Mais do que tudo, é um livro para quem precisa de um incentivo para enxergar o lado positivo, para dar risada de coisas que antes não dava, enfim, para abrir os olhos.

Em resumo, temos aqui a história de uma adolescente que tenta superar o preconceito por estar acima do peso e não ser um “padrão” da sociedade. Uma garota inteligente, divertida e corajosa que todas nós já tivemos a oportunidade de encontrar (e até ser) na vida, buscando mudar todos os paradigmas que algum babaca disse que era o certo, mas não é. A saga dessa adolescente que entra em um concurso de misses para provar que, na verdade, não precisa provar nada a ninguém, é a melhor história que li.

Eu também já fui uma Dumplin’. Só quem já foi uma (ou ainda é), vai entender porque esse livro de mais de 300 páginas não deveria ter fim. Will, vem ser minha amiga!

“Não há vínculo mais forte entre as pessoas do que um inimigo em comum.”

DUMPLIN

Fonte: Editora Valentina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s