Home

A Experiência do Cinema - Ismail Xavier

Em uma ligação telefônica com a minha namorada, ela me perguntou: “Por que o cinema é conhecido como a sétima arte?”. Eu não havia entendido e a questionei: “Por que existem outras seis outras artes na frente?”. Ela me disse: “Não é isso que quero dizer. Por que ninguém fala que é a 5° ou a 2ª arte? Por que apenas a 7° arte?”.

A partir deste momento, comecei a me questionar e me levei a uma reflexão por causa dessa pergunta. Se você, caro leitor, puder me ajudar nessa reflexão, será bem-vindo para um café. Mas eu tenho uma teoria, não querendo tirar o mérito e muito menos o peso de nenhuma outra arte: o cinema ganhou esse apelido charmoso porque, dentre todas as outras artes, ela se tornou a mais “pop”, a mais queridinha e as cifras milionárias de investimentos e retornos nos demonstram isso.

Por esse e outros motivos, temos estudiosos de diversos campos do saber debruçando-se sobre o tema Cinema, respondendo talvez questões que não ns perguntamos cotidianamente, muito menos quando sentamos naquela sala escura e esperamos nos emocionar com cenas épicas de momentos reais da nossa história ou de universos imaginários.

Afinal, o cinema tem essa função: de influenciar nossas vidas. Sabendo disso, o teórico e professor de cinema Ismail Xavier organizou um livro chamado A Experiência do Cinema, que conta com textos de teóricos, críticos, filósofos e cineastas, apresentando as principais teorias sobre o cinema e uma abrangente e poderosa reflexão sobre a tão famosa sétima arte.

“O principal objetivo do cinema deve ser retratar as emoções”

Estrategicamente, a obra foi dividida em três etapas. Enquanto a primeira retrata mais a questão técnica do cinema, a segunda tem um enfoque mais sobre a interpretação subjetiva do espectador, nesse caso, todos nós, que minimamente assistimos aos filmes. Já a última parte joga uma luz para a questão psicológica e social que o cinema produz.

Essa terceira parte me chamou muito a atenção e deixou com uma questão em mente: qual é a função social do cinema? Os filmes devem retratar a sociedade, dar voz a minorias ou segregar, excluir, menosprezar. Qual a função do cinema, se é que ele tem que ter uma função? São tantas perguntas boas.

“O cinema é precisamente essa simbiose: um sistema que tende a integrar o espectador no fluxo do filme; um sistema que tente integrar o fluxo do filme do fluxo psíquico do espectador”.

Com certeza, A Experiência do Cinema é um daqueles livros para você que deseja mergulhar e aprender mais sobre essa magnífica arte que é o cinema. Uma obra que havia deixado as prateleiras das livrarias e que está de volta com tudo em 2018 pela editora Paz & Terra.

Resenhista: Lucas Gonçalves

A_EXPERIENCIA_DO_CINEMA

Fonte: Skoob

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s