Home

O Dia em Que o Presdiente Desapareceu - Bill Clinton e James Patterson

De todas as sensações que a literatura provoca no organismo humano, a que eu mais gosto é a falta de ar. Dizem que os livros são capazes de te transportar para diversos lugares, mas, além disso, temos a possibilidade de sentir medo, tristeza e até compaixão. Tudo isso sem sair do lugar e com a vantagem de compartilhar a experiência com mais pessoas sem custos extras.

Ler é uma montanha-russa para corajosos. É perder noites de sono por vontade de saber o que acontece nas próximas páginas. É se decepcionar por um período e descobrir que o autor não te deixou na mão. Mais do que um exercício para o cérebro, é uma atividade que trabalha a paciência do leitor. Pisar no freio é a última alternativa, afinal, quanto mais rápido você chegar ao final, mais cedo poderá embarcar novamente.

Entre essas leituras que pude curtir sem pressa de acabar, tive a oportunidade de conhecer o aclamado escritor americano James Patterson. Dizem que é um dos autores mais renomados da atualidade, abordando o suspense e o policial com primazia. O Dia em Que o Presidente Desapareceu é considerado um dos thrillers mais esperados, por contar com a ajuda do ex-presidente Bill Clinton. Mas será que é tudo isso mesmo?

As mais de 500 páginas devem assustar alguns leitores, enquanto eu pude descobrir que os excessos de capítulos e diálogos encurtaram a minha trajetória com o livro. Desconheço o trabalho literário de Patterson, mas acredito que esse seja seu estilo de contar histórias. Narrativa que pode ser facilmente entendida nas seis últimas páginas e que nem mesmo assim perde o encanto.

Não é de hoje que os Estados Unidos são cenários de livros. Política também é um assunto que já foi falado até não dar mais. A junção dessas duas temáticas fazem com que a prerrogativa não tenha muitas novidades, pois sabemos quem sempre está tentando derrubar o país: árabes e russos. O que tem de diferente em O Dia em Que o Presidente Desapareceu é algo que não foge da realidade: hackers tentando invadir o sistema e derrubar a maior potência mundial.

O que resta a fazer é acompanhar a trajetória de um presidente com pouca aceitação, que tenta se reerguer e evitar que o país se torne uma nação de terceiro mundo. Assim como nos clássicos filmes americanos, o presidente sobrevive, mas precisa fazer escolhas que nem mesmo os mais decididos conseguem fazer: o que fazer com a pessoa que trai sua confiança?

Decisões que todos nos deparamos no decorrer da vida e que Patterson consegue transformar em um entretenimento até para os que não têm coragem. Se tiver força de vontade, já é metade do caminho. Desistir é opção, mas ir até o fim tem suas vantagens. Que tal descobrir e compartilhar comigo a sua opinião sobre a obra? O café é por minha conta.

Observação: a obra foi lançada em junho de 2018 pelo Grupo Editorial Record. Recebemos em parceria com a editora.

O Dia em Que o Presidente Desapareceu

Fonte: Skoob

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s